8 conselhos para recuperar o tempo perdido no seu trabalho

Escola Freelancer

8 conselhos para recuperar o tempo perdido no seu trabalho é um artigo de: Escola Freelancer

Apesar de tentarmos sempre melhorar a produtividade no nosso trabalho, a verdade é que existem períodos em que acabamos por nos atrasar. E muitas vezes a culpa nem é sua. Ter que ir com algum familiar ao médico, ter um problema no carro ou situações semelhantes podem levar a que o seu trabalho como freelancer fique um pouco para trás, principalmente para quem tem o tempo contado. Achas que isso apenas acontece a você? Engana-se. Esse género de situações fogem completamente ao nosso controle, podendo acontecer a qualquer momento. Por isso nem adianta ficar stressado. O melhor que pode fazer será mesmo aceitar que isso faz parte do seu dia-a-dia e que pouco pode fazer para alterar isso.

Esse será sempre o primeiro passo para conseguir ultrapassar dias mais difíceis: a aceitação. Ao compreender que eles fazem parte da vida de qualquer freelancer, está a dar o primeiro passo para resolver a situação. Depois disso, chega o momento de começar a pensar em recuperar o seu tempo perdido. Não é uma tarefa fácil aviso já. Leva a maiores níveis de stress e à desmotivação no trabalho se recorrer a este estado muitas vezes. Como referi em outros artigos, manter a produtividade é algo essencial. E fazê-lo de um modo constante é igualmente determinante. Por isso, só faça uma análise ao seu trabalho e se está constantemente a “buscar” o tempo perdido é porque algo está mal. Mas como nenhum de nós está livre de um mau dia, deixo aqui algumas dicas do que deve fazer:

1. NÃO ENTRE EM PÂNICO

A primeira coisa que começa a pensar é: “Ai tenho tanto trabalho para fazer! E agora?”. Tenha calma e relaxe. O mundo nunca terminou porque alguém tinha trabalho demais para fazer. Na pior das hipóteses terá que virar a noite a trabalhar ou contratar alguém para o ajudar. Não há problema nenhum nisso, desde que seja uma situação rara. Por isso, quando vir que tem trabalho a mais acalme-se. Níveis de stress elevados fazem com que deixa de raciocinar com a velocidade habitual, dificultando um trabalho que já está, por si só, bastante complicado. Pare de pensar no problema e comece a pensar numa solução.

2. CRIE UMA LISTA DE TAREFAS

Eu sei como deve estar a sua cabeça num momento destes. Apensar pensando nas tarefas mas sem conseguir encontrar uma forma lógica de as realizar. Começa a pensar que tem muita coisa por fazer, mas na realidade não sabe nem sequer por onde começar. Uma boa forma de melhorar a sua performance é criar uma lista de tarefas. Coloque no papel tudo o que tem de fazer (tenha calma, eu sei que a lista pode parecer grande). Depois, comece a definir algumas prioridades. Faça as seguintes questões:

  • Qual delas tem alguma valor temporal? Ou seja, qual delas precisa de ser realizada já hoje e qual pode ficar para amanhã?
  • Qual é que exige maior concentração? Será que neste momento me sinto em condições de realizar algo tão exigente?
  • Quanto tempo vou demorar a fazer tudo isto?
  • Será que preciso de contratar alguém ou algumas horas a mais resolvem os meus problemas?
  • Algumas posso retirar desta lista e fazer só daqui a umas semanas?
  • Quais são os pormenores que posso retirar do meu trabalho e que sem os quais eu não fico perdendo muita qualidade?

3. COMECE PELAS TAREFAS MAIS FÁCEIS E MOTIVADORAS

Ao ver uma lista muito grande, é normal que se sinta desmotivado para trabalhar. Só vê o trabalho crescendo e o tempo diminuindo. Uma das formas de combater essa sensação é iniciar o trabalho pelo que é mais fácil de realizar. Desta forma, terá aquela sensação de dever cumprido, ficando mais motivado para a tarefa seguinte. Isso não quer dizer que sejam essencialmente as tarefas mais rápidas.

Dou-lhe o exemplo do meu trabalho. Quando tenho textos para escrever, a primeira coisa a fazer é entrar em contato com as pessoas que vão falar sobre o assunto. Depois de reunida a informação, só me resta escrever. Ora, se eu já tiver reunido toda a informação, escrever será uma tarefa mais fácil, mas não terá que ser a mais rápida, pois o texto pode necessitar de um grande número de letras. É importante que tenha esta definição bem presente na sua cabeça para não criar confusão. Pode concluir essa tarefa dentro de pouco tempo? Faça-o.

4. FOQUE-SE NO ESSENCIAL

Os pormenores fazem a diferença no trabalho de freelancer. Quando a concorrência é elevada, quem conseguir se destacar pelos pormenores estará um passo à frente. Mas quando o trabalho atrasar, talvez não exista tempo para pensar demasiado nesse género de coisas. Foque-se naquilo que é realmente essencial e, se no final sobrar tempo, aí concentre-se nos pormenores. Neste género de situações, esqueça as redes sociais ou a troca de emails. Agora a palavra de ordem é produzir, o resto pode ficar para depois.

trabalho atrasado

5. SEJA MUITO DISCIPLINADO

A disciplina pessoal fará toda a diferença em tempos como este. Ter o seu trabalho atrasado significa ter que saber dizer “não” para algumas coisas ou fazer uma pausa apenas quando o trabalho estiver concluído. É certo que em dias “normais” poderá relaxar. Perder um pouco mais de tempo no Facebook aqui ou ir beber um café ali devem ser escolhas evitadas. Em situações em que o tempo está contado ao segundo, não pode haver hipótese para pausas. Isto se quiser ter o trabalho concluído a tempo e com qualidade claro..

6. DEFINA PERÍODOS DE TEMPO

O seu dia de trabalho é muito vago. Se pensarmos bem, oito horas é muita coisa. Mas para quem tem de realizar trabalhos à última da hora, este tempo torna-se curto. Uma das formas de conseguir manter uma organização no meio de tanta confusão é definir horas para realizar cada tarefa. Imagine que tem quatro blogs diferentes e nesse dia tem de escrever um texto para cada um deles. Diga para si que cada um deve demorar uma hora e que devem ser realizados nas primeiras quatro horas da manhã. Quando fizer estes cálculos, tenha em conta que pode sempre haver alguma atraso ou que também necessita de um minuto ou dois para respirar.

7. EVITE AS “TAREFAS DUPLAS”

Muitas vez e sem darmos conta, acabamos por realizar duas tarefas quando na realidade bastaria fazê-lo uma vez. Vou lhe dar o exemplo de um jornalista freelancer. Imagine que está pedindo algumas declarações pelo celular. Normalmente enquanto o escuta, vai apontando o que ele diz numa folha de papel. E se o fizesse diretamente no computador? Pode pensar que não, mas apenas o fato de poder “colar” algumas palavras faz com que poupe muito tempo. Isso evita que escreva algumas palavras duas vezes: uma no papel, outra no computador.

8. FAÇA ALGUMAS HORAS EXTRA SE NECESSÁRIO

Aqui vai a má notícia: Por mais que se foque, algumas vezes não vai conseguir evitar de passar algumas horas a mais no escritório. Isso é perfeitamente normal. Mas tenha cuidado: esta atitude deve ser a excepção e não a regra. O importante é que não deixe nenhum trabalho pendente para o dia seguinte. Se realizou bem os passos anteriores (fez uma lista e definiu os tempos necessários), com certeza já terá uma ideia de quanto tempo irá demorar. Outro dos motivos que não deve deixar nenhum trabalho para o dia seguinte é porque não sabemos o que poderá acontecer, levando a que fique ainda com mais trabalho pendente. Por isso, termine tudo o que puder nesse dia, nem que tenha de fazer horas a mais.

E O LEITOR, QUE ATITUDE TEM QUANDO TEM O SEU TRABALHO ATRASADO?

Ter o trabalho atrasado acontece a todos. Ninguém está imune. Mas a verdade é que cada pessoa sabe lidar com estes dias de um modo diferente. Alguns bem, outros nem tanto. Com estas dicas, tem aqui um pequeno manuel do que deve fazer. Mas com certeza o leitor terá outras dicas para partilha com os outros leitores.

O que faz quando tem muito trabalho atrasado? Que estratégia costuma utilizar?

Abraço

Artigos Recomendados

Via RSS de 8 conselhos para recuperar o tempo perdido no seu trabalho

Ler mais em: 8 conselhos para recuperar o tempo perdido no seu trabalho.

Luis Ferreira

Internet and Network marketer

Website: http://www.ensinardinheiro.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *